Grammy Awards 2024: Celine Dion surpreende a todos com sua aparência

Céline Dion fez uma aparição impressionante no Grammy ontem à noite em Los Angeles, onde entregou o prêmio de Álbum do Ano a Taylor Swift. Dion disse que teve a honra de entregar o mesmo prêmio que recebeu há 27 anos de “duas lendas”, Diana Ross e Sting.

A cantora também expressou sua gratidão por estar no palco, dizendo: “Quando digo que estou feliz por estar aqui, estou falando sério, do fundo do meu coração. Aqueles que têm a sorte de estar aqui no Grammy Awards nunca deveriam esqueça o enorme amor e alegria que a música traz às nossas vidas e às pessoas ao redor do mundo.”

A artista canadense, que ganhou cinco prêmios Grammy em sua carreira, anunciou publicamente em dezembro de 2022 que tinha a Síndrome da Pessoa Rígida (PRS), uma condição que afeta o sistema nervoso central, incluindo o cérebro e a medula espinhal. Sua aparição na cerimônia musical foi a primeira vez que a cantora se apresentou em público desde novembro do ano passado, quando foi a um jogo de hóquei em Las Vegas. Essa também foi sua primeira apresentação pública depois de três anos e meio.

A Amazon MGM comprou recentemente um novo documentário sobre a vida da artista chamado I Am: Celine Dion. O filme, que cobre cerca de um ano de vida da cantora, conta a história de Dion, desde a descoberta que tinha SPS até como lidar com isso todos os dias. A cantora espera que o filme “aumente a consciência sobre esta condição rara”.

Em comunicado sobre o lançamento do documentário, Dion disse ainda: “Esses últimos anos foram um grande desafio para mim, a jornada desde aprender sobre minha doença até conviver com ela, mas não deixar que ela me controle”. Ela decidiu documentar este desafio para ajudar outras pessoas que tenham o mesmo diagnóstico como fonte de incentivo e apoio.

Leave a comment